© 2019 FASHION STUDIO, PORTUGAL

#dia00 - DIETA LEV

O dia chegou para pôr em prática o plano de emagrecer antes das férias.  Admito, nunca fui magrelas, e sempre tive tendência para engordar. Tudo isto porque adoro comer. Desde sempre.

A minha mãe dizia a brincar que se me cozesse relva, eu não recusava a iguaria.

No verão passado festejei os meus 40 anos e não é um mito quando se diz que o metabolismo desacelera. O meu parou...ou quase...

Ganhar peso passou a ser mais fácil, e se juntar a esta fórmula o não gostar de exercício, nem ter motivação e tempo, estão reunidos os ingredientes perfeitos para eu me ver ao espelho e já não gostar da imagem que vejo. Trabalho com moda, com televisão, onda a imagem é tão importante. Estou a começar um novo projecto e quero sentir-me bem. Simples. 

 

Já me tinham falado, e muito, da dieta LEV. Uma dieta que reformula toda a nossa alimentação, sustituído-a por refeições da marca. Quando surgiu a oportunidade se ser embaixadora, não hesitei. E aqui estou eu cheia de motivação...Amanhã começo!

Hoje foi dia de consulta. A primeira de muitas. 

 

Primeiro fiquei surpreendida pelo aspecto do espaço. Esperava uma recepção fria, branca, simples e não é assim. Parece que entramos numa loja de produtos alimentares, recebidos com um grande sorriso, com estantes dos dois lados recheadas de embalagens com um aspecto delicioso. . 

 

Fui encaminhada para o nutricionista que me fez uma avaliação completa: altura, peso actual, meta a alcançar, doenças, medicação que tomo, exercício (que eu não pratico) etc. Cheguei a amarga conclusão que tenho 8 quilos para perder! 8!!!! Em dois meses...ou seja até ir de férias. 

A dieta é feita em 4 fases: a primeira onde toda a alimentação é substituída por refeições Lev + a quantidade que quisermos de legumes que estão discriminados numa lista.

 A segunda onde só introduzimos peixe e carne magros, continuando com algumas refeições Lev e sempre muitos legumes.

Na terceira, e para estabilizar o peso, podemos comer fruta e lacticínios magros, continuando com produtos LEV e o que comemos na fase 2. 

E por fim, na 4.ª fase, retomamos a alimentação tradicional mas com supervisão. De 10 em 10 dias voltamos à clínica para avaliação e para ver se andamos a seguir as regras (não vale prevaricar)

Saí do consultório e fui escolher as minhas refeições. É-nos tudo explicado: o que devemos comer, quantas vezes por dia, as variedades que existem, etc.

Podemos provar muitas das opções, e todas as que escolhi gostei!

Sei que posso fazer entre 5 a 7 refeições por dia, beber muita água e tomar suplementes de vitaminas e minerais. 

Já fui ao supermercado comprar legumes, e amanhã começo...Em casa elaborei um calendário, onde vou anotando o que preciso de levar comigo no dia seguinte para a agência.

Que comece então a prova! Espero superá-la e vou partilhando convosco as minhas refeições e os resultados. Se o meu exemplo motivar nem que seja uma pessoa, já valeu a pena! 

Até amanhã! 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

em destaque

A Moda contra a violência doméstica

12/02/2019

1/3
Please reload

Recent Posts
Please reload

procura de Tags